O incrível gol de Aragão, o juiz artilheiro

 

 

O incrível gol de Aragão, o juiz artilheiro, no empate em 2 a 2 entre Palmeiras e Santos.

No dia 09/10/1983, no estádio do Morumbi, o Santos enfrentava o Palmeiras em partida válida pelo campeonato paulista, diante de um público de 37.519 espectadores.
O Palmeiras pressionava para conseguir o gol de empate, o placar estava 2×1 para os santistas, foi quando aos 46 minutos da etapa final, o árbitro José de Assis Aragão ficou mal posicionado ao lado da trave e após um chute de Juninho a bola bateu nele e foi parar dentro do gol do peixe.

O lance foi seguido de muito protesto pelo lado santista, principalmente de Paulo Isidoro. O volante saiu de campo furioso, criticando a atuação e o posicionamento do árbitro.

O fato gerou brincadeiras, e Aragão chegou a ser ser chamado de juiz artilheiro, ao ser escolhido como o artilheiro do fantástico, em programa exibido dentro do Fantástico pela TV Globo.

Veja algumas frases bem humoradas de Aragão sobre esse episódio:

“Até hoje quando encontro o Marola (goleiro do Santos), brinco com ele: Tá vendo? Te fiz um gol”

“Era o último lance. Para não deixar sair uma falta, fui ver de perto. E também porque poderia sair um gol olímpico. No chute, eu tentei pular a bola, mas não deu”

“Ele (José Maria Marin) pegou o papel(carta de demissão), rasgou na minha frente e ainda me escalou para um jogo de quarta-feira, um Corinthians x Santo André”

“Faturei uma boa grana com cachê”

A regra é clara:
Por ser elemento neutro em campo, Aragão teve de validar o gol.

 

Postagens Recomendadas
Contato Rápido

Nós não estamos por perto no momento. Mas você pode nos enviar um e-mail que vamos responder o mais breve possível.

vicente matheustimes do interior paulista